Uma pesquisa dos membros da Mint Directors Conference (MDC), que envolveu 6.000 pessoas na Europa e Austrália, confirmou que muitos lojistas estão a recusar pagamentos em dinheiro, excluindo assim os grupos sociais que não utilizam cartões ou não têm como pagar através de métodos de pagamento eletrónico.

Falamos de pessoas sem meios financeiros ou capacidade para realizar pagamentos sem dinheiro, seja por não terem recursos para comprar um smartphone, não terem possibilidade de ter um cartão de débito ou, simplesmente, pela falta de conhecimentos tecnológicos.

A pesquisa destacou que os grupos mais excluídos são os idosos e os pobres ou socialmente desfavorecidos.

A AES sempre defendeu que o dinheiro é o único método de pagamento acessível a todos. É universal, inclusivo e permite que todos os cidadãos tenham acesso aos mesmos bens e serviços. Somos e seremos sempre pela liberdade de escolha nos métodos de pagamento!

Nunca esquecer que as entidades oficiais, como a OMS, DGS e Banco de Portugal, já vieram atestar publicamente que o uso de dinheiro é seguro! Consulte o comunicado oficial aqui.

Comments are closed.