Foi publicado na edição do dia 27 de julho do jornal Público um artigo de opinião da

autoria do Presidente da AES, Rogério Alves, sobre o trabalho não declarado no

setor da segurança privada.

A este propósito, salientou o Presidente da AES a indiscutível importância deste setor,

cuja expressão na economia e na sociedade são hoje inquestionáveis, não deixando,

porém de vincar as suas patologias, como o desemprego disfarçado, o emprego

fingido, feito à base de vínculos precários e de subsidiação enganosa e a contratação

de serviços, por valores que, a própria ACT, nas suas contas, considera inferiores, aos

que seriam necessários para assegurar o pagamento dos encargos mínimos com os

trabalhadores utilizados.

Leia o artigo na íntegra.

Comments are closed.